Índice 1.Introdução 2. Bases Legais 3.Princípios e Fundamentos 4. Proposta Pedagógica e Filosofia 5. Projeto Pedagógico 4. Caracterização da Escola 4.1. O Meio 4.2. Espaço Físico 4.3. Recursos Didáticos 4.4. Recursos Humanos 5. Composição da Organização Escolar 6. Proposta Operacional 7. Organograma da Escola 8. Mantenedora 9. Direção Pedagógica 10. Coordenação Pedagógica 11. Supervisão Pedagógica 12. Equipe Docente e de apoio 13. Objetivos, Princípios Políticas e Valores 14. Elaboradores e Colaboradores
escoladi-logo-mantenedora
escoladi-localidade
Rua Bento Lisboa, 170, Catete, Rio de Janeiro – RJ, Brasil. CEP 22221-011 – sede própria.
(21) 2285 – 1810 (21) 2556 – 6265 (21) 2285 - 7461 (21) 98225-8073
PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
escoladi-mail
escoladi-whatsapp
INTRODUÇÃO “O projeto político-pedagógico mostra a visão macro do que a instituição escolar pretende ou idealiza fazer, seus objetivos, metas e estratégias permanentes, tanto no que se refere às suas atividades pedagógicas, como às funções administrativas. Portanto, o projeto político-pedagógico faz parte do planejamento e da gestão escolar. A questão principal do planejamento é então, expressar a capacidade de se transferir o planejado para a ação” - Betini(2005, p.38). O projeto político pedagógico da Escola Dantas Itapicurú é uma ação intencional que foi definida como compromisso coletivo da instituição escolar. Propõem um rumo para formar indivíduos comprometidos com sua realidade e transformação através de ações responsáveis dos profissionais da Escola em um ambiente alegre. Pensando na função social da Educação e no valor formativo e simbólico que a Escola Dantas Itapicurú apresenta para a sociedade, o projeto político pedagógico norteia os ideais dialéticos e sócio-interacionistas que regem a Escola contemporânea, compreendendo a importância do papel da educação no desenvolvimento dos seres humanos, baseada no desenvolvimento integral das pessoas num ambiente aconchegante e prazeroso, a fim de se efetivar a formação do aprendiz na e para a cidadania. Apesar de se constituir enquanto exigência normativa, o Projeto Político- Pedagógico da Escola Dantas Itapicurú é antes de tudo um instrumento ideológico, que visa, sobretudo, a gestão dos resultados de aprendizagem, através da projeção, da organização, e acompanhamento de todo o universo escolar. BASES LEGAIS LDB (Lei nº 9394/96) estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. A lei 13. 306/2016 estabeleceu que o atendimento em creches e pré escola é destinado às crianças de 0 a 5 anos de idade. A LDB em seu art.12 § I, art. 13 § I e no art. 14 § I , estabelece orientação legal de confiar à escola a responsabilidade de elaborar, executar e avaliar seu projeto pedagógico. A participação dos professores e especialistas na elaboração do projeto pedagógico promove uma dimensão democrática na Escola e nessa perspectiva, as decisões não centralizadas no gestor cedem lugar a um processo de fortalecimento da função social e dialética da Escola, por meio de um trabalho coletivo entre todos os segmentos participantes. A autonomia na Escola é o resultado da confluência de vários interesses, onde se confrontam diferentes detentores de influência, tanto interna, quanto externa, sendo, portanto uma construção político-social. E sendo assim um meio de a Escola concretizar em melhores condições nossas intenções. A Escola, em seu dia-a-dia, é um espaço de inúmeras e diversificadas práticas, que estão em permanente processo de construção e reconstrução. As práticas da gestão fazem parte da vida da Escola, contribuindo para o desenvolvimento democrático e a participação. Por isso prioriza em sua organização interna, encontros trimestrais para a execução de seus Conselhos. PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS Os princípios que fundamentam a ação da Escola Dantas Itapicurú visam uma orientação para aprendizagem realizado com uma visão de educação voltada para a emancipação pessoal e desenvolvimento social onde "O desenvolvimento cognitivo das crianças é consideravelmente favorecido pelas interações sociais"(Vigotsk). Na educação infantil estimulamos a curiosidade. Em maior ou menor grau, por um assunto ou por outro, todo mundo sempre acaba querendo saber alguma coisa. Com o estímulo correto, o aluno sempre vai querer continuar a saber mais. Ensinar e aprender fazem parte de um processo de conhecimento, onde o aluno é estimulado à construção de si mesmo, enquanto sujeito capaz de interagir, avaliar e questionar se necessário, com consciência, respeito e responsabilidade. Movido pelo seu próprio interesse e curiosidade, o aluno acaba embarcando nesta aventura, aprendendo e se divertindo. A Escola Dantas Itapicurú proporciona um ambiente de aprendizado estimulante, que acreditamos ser a mola para grandes transformações sociais e pessoais. É a curiosidade intelectual viva que torna o mundo um laboratório excitante e nos mantém eternos aprendizes. A Escola, enquanto agente social, buscará ser sempre um espaço livre e construído dinamicamente pelos sujeitos criativos, pela disciplina do amor, do trabalho pedagógico, dos projetos pessoais, coletivo escolar e da sociedade. Desta forma, a Escola busca motivar o desejo pelo conhecimento e investigação, organizando os pensamentos das crianças e valorizando as relações sociais. O currículo se concretiza por meio de projetos, onde a equipe docente apresenta o conteúdo comum da série e as crianças são estimuladas a formar o pensamento crítico e analítico dos temas sempre valorizando o respeito mútuo, ética e responsabilidade. A partir de questões reais as crianças são levadas a pensar e criar conhecimentos, estabelecendo diversas relações, ampliando assim, suas ideias sobre os assuntos abordados. PROPOSTA PEDAGÓGICA E FILOSOFIA Propomos um ambiente de aprendizagem estimulante e interdisciplinar das linguagens, matemática lógica e ação, linguagem oral, escrita e gráfica, natureza, sociedade e ciências sociais. A proposta educacional e a filosofia educacional da Escola Dantas Itapicurú têm o objetivo de viabilizar um processo educativo mais significativo, despertando em seus alunos uma aprendizagem participativa, com ênfase na construção sistêmica e de socialização. Sem perder de vista a tolerância, o respeito, a cidadania, o reconhecimento das diferenças entre as pessoas, a convivência pacífica, cuidado com o outro e com o meio ambiente. A proposta pedagógica da Escola Dantas Itapicurú está estruturada em um investimento na construção de um sujeito autônomo, cooperativo, crítico, criativo, capaz de cuidar de si, dos outros e do meio que habita. PROJETO PEDAGÓGICO Trabalhamos com projetos literários trimestrais onde as crianças podem experimentar situações, de forma interdisciplinar, contemplando todas as linguagens, tornando rico e abrangente todo o processo de aprendizagem. Durante um Projeto, inúmeras habilidades, competências e atitudes são desenvolvidas: observar, comparar, levantar hipóteses, questionar, fazer estimativas, classificar, solucionar problemas, perceber e respeitar diferenças. A leitura e a escrita também são intensamente estimuladas. Ainda se amplia o vocabulário, cria-se o hábito de trabalho cooperativo, expõem-se e trocam-se experiências. A Escola como um todo, trabalha os projetos institucionais que culminam em eventos coletivos: Festa da Família- este projeto tem o intuito de proporcionar a interação entre a comunidade, escola, família e toda a equipe escolar. Festa Junina- projeto desenvolvido com os professores de música, artes e educação física, este projeto busca o contato com as nossas raízes, nossa cultura e folclore. Natal de Amor- Projeto desenvolvido com intuito de promover a aceitação, amor e fraternidade. Promovendo campanhas de arrecadações para instituições sem fins lucrativos, incentivando assim aos alunos à importância de solidariedade. CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA - O MEIO A Escola Dantas Itapicurú é uma iniciativa do casal Lysias Augusto Magalhães Dantas Itapicurú, Empreendedor e convicto de que a educação é transformadora, e sua esposa, Ana Beatriz L. S. Magalhães Dantas Itapicurú, Advogada, que juntos vivem o desafio de educar e formar seus três filhos, Maria Clara, José Henrique e João Augusto Dantas Itapicurú, com o apoio da Família, em um mundo de constante transformações. A Escola, servirá à população dos bairros do Largo do Machado, Catete, Laranjeiras, Botafogo e outros bairros adjacentes da cidade do Rio de Janeiro. A Escola fica na Rua Bento Lisboa número 170, cidade do Rio de Janeiro. A estrutura física é composta por um imóvel, de dois pavimentos e espaços para uma diversidade de atividades. Possui boa estrutura de circulação, administrativa e de apoio. O ambiente é limpo, organizado, decorado com o maior carinho para tornar um ambiente aconchegante para a criança explorar e ser feliz. O espaço será aproveitado da melhor forma possível para atender as necessidades do cotidiano. ESPAÇOS FÍSICOS A Escola tem sua sede em um imóvel com duas unidades, dedicadas às atividades desenvolvidas pela Escola, com um pátio interno. No imóvel espaço de secretaria, direção, coordenação, sala dos professores, sala de reuniões, uma recepção/estar para uso dos pais e responsáveis. Em uma das unidades, duas salas de aulas, sala de tecnologia e mídia, produção de conteúdo, para aprimoramento do quadro docente, banheiros adulto e infantil, sendo estes últimos próximos às salas de aula. No pátio interno, exploraremos a criatividade e desenvolveremos atividades lúdicas. O mesmo possui chuveiro, escorrega, casinha de bonecas, panelinhas, bonecas, velocípedes e outros brinquedos, como telefone de lata, entre outros. Neste mesmo espaço, teremos uma mini horta, árvores frutíferas e canteiros com plantas diversas, que serão utilizados para a valorização do meio ambiente e para o despertar, nos alunos, de valores e ideias de preservação da natureza e responsabilidade para com as gerações futuras. Em outra unidade do imóvel, após o pátio interno, ficam uma pequena cozinha de apoio, área coberta para atividades lúdicas, duas salas multiuso, que poderão atender a atividades de leitura, pintura, expressão corporal, culinária ou quaisquer outras atividades, um refeitório, com banheiro adulto e infantil próximos às salas, duas salas de aula, cantinho de leitura, cozinha para o preparo das refeições do integral e lavanderia. Fica, desde já, estabelecida a flexibilidade dos espaços, permitindo a mudança dos ambientes escolares, conforme a demanda, para melhor atender aos interesses pedagógicos e bem-estar das crianças, de forma a melhor atender à clientela da Escola. RECURSOS DIDÁTICOS Com relação aos recursos didáticos nossa Escola conta com computadores e periféricos, aparelhos de TV de última geração, mídias para vídeos, fotos e música, alem de alta conexão com a internet. Estes recursos serão utilizados conforme as necessidades dos professores em suas respectivas salas de aula. Brinquedos pedagógicos como: encaixes, quebra-cabeças, jogos, carrinhos, bonecas e complementos, como também brinquedos construídos com material reciclável. Material de uso comum: cada sala tem o seu (lápis de cor, lápis de cera, borracha, pillot, papéis, cola etc), que será utilizado pela professora de turma, equipe e alunos. RECURSOS HUMANOS A Escola é composta por auxiliares de secretaria, auxiliares de serviços gerais, coordenação pedagógica, direção pedagógica, equipe docente, estagiários, inspetores, cozinheira e equipe de apoio. COMPOSIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR Educação Infantil - Educação infantil para as idades de 1 a 5 anos e 11 meses, no período matutino/vespertino e ou integral, conforme demanda da população. A Escola se desobriga a oferecer turma quando não houver número de crianças suficiente para abertura da mesma. Educação Infantil: Berçário II, Maternalzinho, Maternal I e II, Pré I e Pré II, disponíveis pela manhã e a tarde conforme demanda. Colônia de férias A colônia de férias poderá ser oferecida nas férias de julho ou meses iniciais do ano conforme calendário. O grupo de atuação da colônia de férias será combinado com profissionais da Escola ou de fora para melhor atender os interesses de descanso dos funcionários da própria instituição. Horário extra turno - A Escola Dantas Itapicurú pode oferecer horários estendidos para atividades extras como ballet, capoeira e aula de música, judô, xadrez, teatro entre outras. Horário integral - A Escola oferecerá horário integral às famílias que optarem por este serviço. No horário integral oferecer-se-á colação e almoço. O cardápio será elaborado semanalmente por uma nutricionista que priorizará alimentos saudáveis. Artes - As atividades são oferecidas nas turmas de educação infantil em horários determinados e com o acompanhamento do professor regente da turma. As atividades são planejadas para alcançar o objetivo da turma. A intenção das aulas de artes plásticas é proporcionar oportunidades para a expressão de cada criança através da produção artística, criação e imaginação. As aulas de artes plásticas promovem liberdade de expressão permitindo experimentar, sentir e vivenciar sua expressão artística. Música - As atividades são oferecidas nas turmas e em horários determinados com o acompanhamento de um professor especializado. As aulas de música estimulam e desenvolvem o gosto pela atividade musical e expressão corporal. Faz parte do planejamento incentivar o gosto pela música, expressão por meio da música, percepção, reflexão, brincadeiras de roda, jogos rítmicos, jogos de mão, aprender uma canção e experimentar instrumentos musicais como coquinho, tambores e outros para uma vivência musical. Literatura - As atividades de leitura são oferecidas pela professora regente de turma, dentro da sala de aula, no cantinho da leitura. Diariamente, as turmas de educação infantil participam de momentos de Contação de História. A Ciranda da Leitura será realizada uma vez por semana. Cada criança levará um livro para casa, que deverá ser lido com a ajuda de um responsável, com a intenção de incentivar o gosto pela leitura, vivenciando momentos lúdicos e de afetividade entre a família. A literatura tem como objetivo formar leitores críticos e autônomos. Para criar o interesse pela leitura, temos que provocar esse interesse e para isso é preciso seduzir, conquistar, e incentivar a criança a experimentar para querer ler. Educação corporal - As aulas serão oferecidas por um professor especializado em horários determinados em cada turma. A intenção das aulas é desenvolver a coordenação motora ampla e fina, proporcionando controle do corpo e conhecimento corporal. As aulas incentivarão a descoberta do corpo através de corridas, saltos, engatinhar, imitando e criando movimentos, como brincar em grupo e sozinhas, testando, ampliando seus limites e fazendo uma tomada de consciência corporal maior. Culinária - As turmas prepararão lanches coletivos, com o intuito de socializar e experimentar novos alimentos. Nos dias combinados pelas professoras, as crianças deverão trazer o alimento solicitado para o lanche coletivo. A turma preparará e experimentará o lanche. A professora irá trabalhar a importância da higiene, da alimentação, dos ingredientes e o processo de fabricação. Neste dia a equipe da cozinha deverá oferecer ajuda e emprestar utensílios para receitas que sejam mais elaboradas ou que precisem de equipamentos da cozinha como, por exemplo, o forno. A avaliação - A escola trabalha com relatórios semestrais, onde serão relatadas as observações dos professores em relação ao desenvolvimento de cada aluno. A observação e coleta de dados do aluno será uma prática diária de todos os professores envolvidos. A avaliação permite dar aos familiares um retorno de como está a evolução nos aspectos motores, sócio emocionais, de linguagem e outros. A aprendizagem das crianças é um processo e avaliar este processo é fundamental. Agenda e uniformes - Haverá agenda padronizada, que será entregue e vendida, quando necessário, na secretaria e, no formato digital para o responsável que optar. O uniforme é de uso obrigatório e diário, mesmo em dia de passeios. Será comercializado na secretaria e em lojas credenciadas. Seguro - Contamos com seguro escolar contemplando o atendimento de urgência em situações ocorridas dentro do espaço escolar. PROPOSTA OPERACIONAL Funcionamento da secretaria - A secretaria funcionará de segunda-feira à sexta- feira de 8:00 horas às 18:00 horas. Horário de entrada e saída e carga horária anual A Escola prestará atendimento à criança de, no mínimo, 4 (quatro) horas diárias para o turno parcial e de 7 (sete) horas para a jornada integral, A carga horária mínima anual de 800 (oitocentas) horas, distribuída por um mínimo de 200 (duzentos) dias de trabalho educacional, como determina a LDB. Turno da manhã -7:30 às 12:00 Turno da tarde- 13:15 às 17:45horas Horário integral- 7:30 às 17:45 Extra turno- 17:50 às 19:00 O portão da escola será aberto 15 minutos antes, para facilitar a chegada dos pais na Escola, mas as crianças só entrarão na sala no horário previsto. A Escola não disponibiliza transporte escolar. Se alguma família precisar deste serviço, a mesma deverá optar por contratar serviços de transporte escolar para seus filhos. As famílias que optarem por este meio de transportes devem assinar um formulário na secretaria, autorizando a Escola a entregar seu filho ao responsável pelo transporte contratado. A Escola precisará enviar uma taxa às famílias que, por algum motivo, por três vezes ao mês, chegar com atraso para pegar seus filhos. Esta taxa destina-se ao pagamento de hora extra para o funcionário que ficará à disposição aguardando os familiares.
Mantenedora
ORGANOGRAMA DA ESCOLA
Coordenação Pedagógica Corpo Docente Secretaria Nutricionista & Equipe de Cozinha Equipe de Apoio Serviços Gerais
MANTENEDORA A Mantenedora provê estrutura, equipamentos e recursos materiais necessários para o funcionamento da Escola. É a responsável financeira e administrativa. Tem a função de elaborar estudos, levantamentos qualitativos e quantitativos indispensáveis ao desenvolvimento do sistema ou rede de ensino ou, ainda, da própria escola. A mantenedora avalia os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema e/ou rede de ensino e da escola, em relação a aspectos estratégicos, financeiros, materiais e de recursos humanos. DIREÇÃO PEDAGÓGICA O diretor deve envolver sua equipe de professores, coordenadores, orientadores e funcionários no planejamento e execução das tarefas. Além de garantir uma gestão transparente e democrática. Coordenar a elaboração e a execução da proposta pedagógica da Escola. Administrar o pessoal e os recursos materiais da Escola, tendo em vista atingir seus objetivos pedagógicos. Assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aulas estabelecidos. Acompanhar o cumprimento do plano de trabalho de cada docente. Promover a articulação com as famílias e a comunidade criando processos de integração da sociedade com a Escola. Informar os pais e responsáveis sobre a frequência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da Escola. Coordenar no âmbito da Escola, as atividades de planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional. Acompanhar o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com a coordenação. COORDENADOR PEDAGÓGICO O coordenador tem a garantir a realização semanal do horário de trabalho pedagógico coletivo, calendário escolar, dar atendimento individual aos professores, a pais de alunos, fornecer base teórica para nortear a reflexão sobre as práticas , conhecer o desempenho da Escola em avaliações externas e propor mudanças para otimizar, promover conselhos de classe, acompanhar o desenvolvimento das crianças, numa ação conjunta com os professores e diretor, acompanhar o planejamento das aulas entre outras tarefas. Gerenciar, planejar e organizar serviços educacionais e a utilização de recursos humanos, materiais e outros da Escola, estabelecendo princípios, normas e funções para assegurar a correta aplicação, produtividade e eficiência dos referidos serviços. Elaborar, em conjunto com as equipes, o planejamento das atividades a serem desenvolvidas junto aos professores e alunos. Orientar e capacitar funcionários, com base em programas pré-estabelecidos. Gerenciar e acompanhar a elaboração da proposta pedagógica e avaliar as atividades educacionais. Avaliar e reformular o processo ensino-aprendizado, traçando metas, estabelecendo normas para impulsionar a educação integral dos alunos. EQUIPE DOCENTE E DE APOIO A equipe docente é constituída de professores regentes, devidamente habilitados, seus auxiliares e estagiários, quando necessário. A equipe de apoio é composta por vários servidores: pessoal da limpeza, cozinheira, inspetores, porteiro e de serviços de manutenção. Compete aos docentes: Participar da implementação e avaliação do Projeto Político-Pedagógico do estabelecimento de ensino, construído de forma coletiva e aprovado pelo Conselho Escolar; Elaborar, com a equipe pedagógica, a proposta pedagógica curricular do estabelecimento de ensino, em consonância com o Projeto Político-Pedagógico e as Diretrizes Curriculares Nacionais e Estaduais; Participar do processo de escolha, juntamente com a equipe pedagógica, dos livros e materiais didáticos, em consonância com o Projeto Político-Pedagógico do estabelecimento de ensino; Elaborar seu Plano de Trabalho Docente; Desenvolver as atividades de sala de aula, tendo em vista à apreensão crítica do conhecimento pelo aluno; Proceder à reposição dos conteúdos, carga horária e/ou dias letivos aos alunos, quando se fizer necessário, a fim de cumprir o calendário escolar, resguardando prioritariamente o direito do aluno; Proceder à avaliação contínua, cumulativa e processual dos alunos, utilizando-se de instrumentos e formas diversificadas de avaliação, previstas no Projeto Político- Pedagógico do estabelecimento de ensino; Participar do processo de avaliação educacional no contexto escolar dos alunos com dificuldades acentuadas de aprendizagem, sob coordenação e acompanhamento do pedagogo, com vistas à identificação de possíveis necessidades educacionais especiais e posterior encaminhamento aos serviços e apoios especializados da Educação Especial, se necessário; Participar de processos coletivos de avaliação do próprio trabalho e da escola, com vistas ao melhor desenvolvimento do processo ensino e aprendizagem; Participar de reuniões, sempre que convocado pela direção; Assegurar que, no âmbito escolar, não ocorra tratamento discriminatório em decorrência de diferenças físicas, étnicas, de gênero e orientação sexual, de credo, ideologia, condição sociocultural, entre outras; Viabilizar a igualdade de condições para a permanência do aluno na escola, respeitando a diversidade, a pluralidade cultural e as peculiaridades de cada aluno, no processo de ensino e aprendizagem; Participar de reuniões com a direção e coordenação, a fim de realizar ajustes ou modificações no processo de intervenção educativa; Estimular o acesso a níveis mais elevados de ensino, cultura, pesquisa e criação artística; Participar ativamente de Conselhos de Classe e encontros pedagógicos, alem de encontros com as famílias na busca de alternativas que visem ao aprimoramento do processo educacional, responsabilizando-se pelas informações prestadas e decisões tomadas, as quais serão registradas e assinadas em Ata; Propiciar ao aluno a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico, visando o exercício consciente da cidadania; Zelar pela frequência do aluno à Escola, comunicando qualquer irregularidade à equipe pedagógica; Cumprir o calendário escolar, quanto aos dias letivos, horas-aula e horas-atividade estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; Cumprir suas horas-atividade no âmbito escolar, dedicando-as a estudos, pesquisas e planejamento de atividades docentes, sob orientação da equipe pedagógica, conforme determinações da SME; Manter atualizados os Registros de Classe, conforme orientação da equipe pedagógica e secretaria escolar, deixando-os disponíveis no estabelecimento de ensino; Participar do planejamento e da realização das atividades reuniões de pais da Escola; Desempenhar o papel de representante de turma, contribuindo para o desenvolvimento do processo educativo; Dar cumprimento aos preceitos constitucionais, à legislação educacional em vigor e ao Estatuto da Criança e do Adolescente, como princípios da prática profissional e educativa; Participar, com a equipe pedagógica, da análise e definição de projetos a serem inseridos no Projeto Político-Pedagógico do estabelecimento de ensino. Comparecer ao estabelecimento de ensino nas horas de trabalho ordinárias que lhe forem atribuídas e nas extraordinárias, quando convocado. OBJETIVOS, PRINCÍPIOS, POLÍTICA e VALORES Objetivos (nossas prioridades) Cuidar das crianças com afeto e carinho, proporcionando segurança e tranquilidade; Promover ao máximo a aprendizagem dos alunos incentivando seu desenvolvimento nos aspectos físicos, psicológico e social, completando o papel da Família e sociedade; Elevar a satisfação dos clientes: alunos e pais; Estimular o sentimento de orgulho e pertencimento da comunidade: alunos, família, professores e funcionários. Princípios (nossas crenças e valores) Responsabilidade e Integridade - Atuar com ética; ser transparente nas relações; ensinar pelo exemplo; responder pelas próprias ações; cumprir compromissos assumidos. Dedicação e Excelência Executar com esmero; dar o máximo de si; fazer além do esperado; focar na satisfação dos clientes (internos e externos); dar “feedback” construtivo; buscar a melhoria contínua. Criatividade e Inovação Antecipar-se às tendências; valorizar o potencial criativo; buscar soluções alternativas; criar ações inéditas que agreguem valor à Instituição e à educação. Respeito ao indivíduo- exercer sua cidadania enquanto membro da Instituição e parte da comunidade. Capacitação Profissional deve estar unificada com programas de capacitação dos docentes e colaboradores da Instituição; Avaliação Permanente o processo de reestruturação curricular deverá estar associado à um projeto de avaliação institucional; Felicidade valorizar as emoções; contribuir para a manutenção de um ambiente alegre, saudável, produtivo, cooperativo e solidário. Políticas (nossas principais práticas) Avaliar – “o que não é medido não é gerenciado”; Comunicar – “envolver a família no processo”; Incentivar – “meritocracia”; Desenvolver competências – “aprender a aprender”. Valores Transparência nas ações realizadas pela Instituição; Compromisso com a Responsabilidade Sócio – Ambiental e Ética; Comprometimento com a Educação de qualidade. Cidadania garantir os direitos, cumprir com deveres e responsabilidades individuais e coletivas; Cooperação – interagir para o bem comum; Diversidade respeitar as características individuais dos acadêmicos e da comunidade, em suas formas de ser e agir; Promover a acessibilidade em seu amplo entendimento: acessibilidade física e digital; Participar da preservação dos recursos naturais do meio ambiente. “EDUCAR A MENTE SEM EDUCAR O CORAÇÃO NÃO É EDUCAR” Aristóteles ( 384-322 a.C.) Lysias Augusto Magalhães Dantas Itapicurú Dantas Itapicurú Educação, Tecnologia e Participações Mantenedora – Escola Dantas Itapicurú Presidente
Direção Geral Direção Pedagógica Aluno